Blog

Criatividade . Empreendedorismo . Marca Pessoal

What’s your way?

Antes de quereres ser blogger, youtuber, instagrammer, influenciadora digital, whatever, que marcas queres deixar? Quem queres ser? O que te torna diferente?

Aceito que digas:

Ok Annie. Estás muito “auto-ajuda”.

Talvez, mas se achas que aguentas…continua a ler (e não reclames já!).


No último artigo que escrevi para o LinkedIn – que podes (e DEVES!) ler aqui – falei um bocadinho mais sobre a minha experiência, o meu caminho e tentei esquematizar aqueles que são os meus objectivos actuais.


Sempre que olho para este projecto sinto um orgulho enorme, não pelo que já fiz (porque não foi quase nada), mas por tudo o que sonho fazer, pelo que representa, pelo que diz de mim e acima de tudo pela coragem que transporta.

Sou bastante extrovertida, capaz de falar sozinha sobre os mais diversos temas, os palcos nunca me assustaram, as câmaras não são um problema e nunca tive complexos ao ouvir uma gravação da minha voz. Nasci para comunicar, não tenho a menor dúvida. Sempre quis ser uma rockstar, acredita.

Então o que me bloqueou?

A opinião dos outros. Principalmente, dos mais próximos.

Hoje percebo que se adiei este projecto foi por medo. Medo de falhar. Não comigo, com os outros.

Nunca tive medo da pessoa que encontrava no espelho. Tive medo de desiludir as pessoas de quem gosto, de não ser quem desejam, de não fazer o que esperam.

Nunca tive medo de errar e não ser capaz de viver com isso. Tive medo do que os outros podiam pensar – os meus pais, os meus avós, os familiares mais próximos e mais distantes, os amigos que mais admiro, as pessoas que vivem comigo, que fazem parte da minha vida.

Este medo é muitas vezes confundido com vergonha. Mas nunca tive vergonha, não tenho. Simplesmente, sou cobarde.

Escrevo no presente, porque o medo não desaparece num estalar de dedos. A diferença é que hoje tento dar-lhe menos importância.

Tenho de seguir o meu caminho, à minha maneira.

Foi por isso que nasceu este projecto, este nome, esta marca.

Esta é a minha forma de estar na vida. Esta é a minha forma de viver. Este é o meu caminho.

E o teu, qual é?

Independentemente se queres ser blogger, youtuber, instagrammer, produtora de conteúdo, o que seja. Liberta a/o rockstar que há em ti – descobre quem és, qual é o teu propósito (o teu porquê, a tua razão de fazer o que fazes ou de quereres fazer algo diferente), encontra o teu caminho e vive à tua maneira.

A vida é a mesma. O que nos diferencia é a forma como vivemos.

Por isso, constrói as tuas próprias regras, define os teus objectivos e luta pelos teus sonhos.

Não esperes a validação de ninguém. Não dependas da opinião dos outros. Afinal, o caminho é só teu. Só depende de ti. É a tua vida, não dos outros.

Por isso, investe em ti, estuda, trabalha muito, vê em todos os obstáculos uma oportunidade para fazer melhor, mas não desistas. Segue focada/o e faz acontecer.


What’s your way?

“What’s your way?” é uma ideia que começa hoje, começa contigo.

Nas redes sociais, no teu blog, canal, (onde quiseres), faz um post a contar a tua história, o que te trouxe até aqui, qual é/foi o teu maior desafio e convida os teus seguidores a fazer o mesmo.

Usa a hashtag #whatsyourway e marca-me (@annieway.pt)

Eu criei esta marca: AnnieWay. E a tua, qual é?

Share your way.

Gostaste do texto? Partilha-o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Segue-me nas redes sociais.